sábado, 14 de novembro de 2009

Taru


Bom dia! Vou neste momento iniciar este blog, não sabia exactamente o que fazer com isto, mas percebi que ter um blog é algo de comum e útil para várias pessoas, neste caso para quem gosta de criar. No meio das minhas muitas reflexões sobre o que postar e como iniciar o blog, decidi-me por este post. Algo que estou a fazer presentemente e que muito gosto me está a dar! Aqui vai, então:

Estou neste momento a fazer o Curso Integrado de BD da Kingpin Books, dado pelo Mário Freitas na sua loja que desde já sugiro uma visita, para os amantes de Mangá, Comics ou BD. Aqui vai a sua localização e o link do site, é uma loja para não passar ao lado: http://kingpin-of-comics.net/



Um dos primeiros exercícios propostos do curso foi o de apresentar uma ideia para uma história, criar e caracterizar as personagens principais. Assim sendo, criei esta personagem, Taru, um antigo guerreiro samurai com um forte sentido de justiça, que após o Bakumatsu perdeu o seu rumo e por isso agora é um vagabundo.

Na verdade, este enquadramento histórico nada de original tem, a minha parca capacidade para criar argumentos interessantes fez com que decidisse não queimar demasiado a cabeça com o stress e o pânico de criar um história, para optar pelo básico, inspirando-me na obra de Manga que sou fã, Rurouni Kenshin (traduzindo à letra, Kenshin o Vagabundo), ou Samurai X, anime este que passou no Batatoon na TVI em 1999. Foi uma história engraçada, tive a sorte de ver a série pela primeira vez dentro dos estúdios de dobragem da Nacional Filmes, enquanto os actores dobravam o 1º episódio (a história de como lá fui parar é longa e muito especial). Foi uma experiência marcante para mim, ainda andava no secundário, foi quando já em Artes senti que a Animação e a BD eram a minha casa. Não tinha vergonha de andar a desenhar as personagens do Hércules da Disney ou do Rurouni kenshin na escola, quando já devia ter idade para não pensar em desenhos animados "Isso é coisa de crianças", muita gente infelizmente pensava e ainda pensa (espero que menos). Já tinha antes passado pela fase de desenhar o Dragon Ball, mas isso era fixe e estava na moda. Bom, devia ter tido mais juízo na altura e não me resignar por um curso de Design de Comunicação nas Belas-Artes de Lisboa (que entretanto não terminei, nem está nos meus planos terminar).

A história deste personagem, essa sim, já tem de mais original, mas sobre ela falarei mais tarde. Este é um dos estudos que aqui apresento.

Good morning! I’m now starting this blog, didn’t know exactly what to do with it, but I have realised that having a blog is common and useful for many people, in this case to people who like to create. During my thoughts about how to start a blog and the first post, I’ve decided for this. This is something I’m doing in the present time and it’s giving me lots of fun! Here it is:

I’m now attending the BD Integrated Course of Kingpin Books, given by Mário Freitas in his store, witch by the way I recommend a visit for all Manga, Comics or BD lovers. Here is it’s location and site link. It’s a place not to miss.
http://kingpin-of-comics.net/
The first exercise given was to present an idea for a story and to create the main characters. Therefore I created this one Taru, a former samurai warrior with a strong sense of justice that after the Bakumatsu lost his way and became a wanderer.

Sem comentários:

Enviar um comentário